Flash ameaça a segurança de usuários


O Flash Player da Adobe tem causado muitas dores de cabeça para a empresa nos últimos meses, tanto é, que ela está tentando, aos poucos, desvincular-se deste software, já dando seus primeiros passos ao renomear sua ferramenta de animação para “Animate”, algo a ser concluído ainda este ano. Após o lançamento de correções emergenciais em Julho do ano passado, seguidos da descoberta de uma nova falha de segurança em Outubro, o Flash continua a incomodar: As versões 21.0.0.197 ou mais antigas podem permitir ataques no Windows, OS X, Linux e Chrome, deixando que usuários mal intencionados obtenham controle sobre diversas funções no sistema.


Ciente desse problema, a Adobe já se prontificou a lançar um patch de correção para resolvê-lo. Segundo a firma, “a falha chamada “CVE-2016-1019” está sendo ativamente explorada, não só no Windows 10 como também nas versões mais antigas do sistema, rodando versões 20.0.0.306 do flash”. Versões posteriores à 21.0.0.182 já contam com uma correção para o problema, ou seja, para que seu sistema esteja em segurança é imprescindível que a ferramentas seja atualizada. Além de atualizar o flash em si, a Adobe também recomenda que seus usuários mantenham as versões do navegador atualizadas.

Usuários de Windows 7 e Windows XP devem tomar ainda mais cuidado, vendo que estes sistemas são alvos ainda mais procurados pelos hackers. A correção da falha só foi possível graças à Kafeinte da firma Proofpoint, Genwei Jiang da empresa FireEye e Clement Lecione da Google, que evidenciaram e chamaram a atenção da Adobe para todo o problema. O patch de correção está programado para lançamento ainda hoje. Ainda bem que esse tipo de problema está prestes a se tornar uma coisa do passado, afinal de contas, o HTML5, tecnologia sucessora do Flash está ganhando cada vez mais espaço no mercado. Para verificar a versão do flash que está instalada em seu sistema, basta ir no site oficial do produto, onde a informação será apresentada em uma caixa abaixo do nome "Version Information".


Fonte:TudoCelular